JoomlaTemplates.me by FatCow Reviews

Preservar a Biodiversidade, uma das vertentes da Educação para a Cidadania (1ªTurma-Inscrições encerradas)

Ficha de inscrição

 

Entidade Promotora: Centro de Formação FAPAS

Local: Museu Nacional Soares dos Reis

Destinatários: docentes do pré-escolar, ensino básico e secundário

Creditação:  1 crédito /25h

Inscrição : Deverá inscrever-se na página do Centro de Formação FAPAS ( http://www.fapas.pt/cff/) e enviar o respectivo comprovativo de pagamento para Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Caso não seja possível enviar o comprovativo por email, pode entregar no próprio dia, na receção.

 

  Objectivos a atingir:

1-    Promover o debate sobre Biodiversidade  

2-     Promover o debate “impactos sobre a Biodiversidade”

3 - Desenvolver uma consciência ecológica e de cidadania;

4 - Desenvolver competências de Educador em Educação Ambiental;

5 - Dar a conhecer recursos educativos;

6- Participar em ateliers e visitas de estudo facilitadores do desenvolvimento de estratégias em EA/EDS;

CALENDÁRIO DA AÇÃO DE FORMAÇÃO

Programasessões teóricas; sessões práticas (incluindo sala e campo)

 

1ª sessão: 9 de Fevereiro /2019 

9.30h

Recepção dos participantes

10.00h

A importância da biodiversidade

11.30h

Aves: Embaixadoras para a Conservação da Biodiversidade

12.30h

Debate

 

 

14.00h

Anfíbios de Portugal Continental: espécies, ameaças e como ajudar a protegê-los

15.30h

Atelier: Construção de caixas-ninho para mocho-galego

17.00h-19.00h

Atelier de ilustração científica

 

 

 2ª sessão: 16 de Março /2019 

9.00 h

A nova fauna e flora das cidades

 

 

10.00h-13.ooh

 

Macrobiótica-uma forma de reduzir o impacto ambiental associado à alimentação?

 

Intervalo para almoço

14.30h

Ateliers de ilustração científica

 

 

19,30h

Encerramento dos trabalhos

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

3º sessão: 18 de Maio /2019

9.00 h 17h.00

Saída do Porto;

Visita guiada ao Parque Natural da Serra da Estrela e colocação da caixa-ninho  para mocho- galego

 17h-18h

Avaliação

   

Encerramento dos trabalhos

20.00H

Hora prevista de chegada

CREDITAÇÃO: 1 crédito /25h

PAGAMENTO

 65€ (inclui transporte e entrada no Parque)

 Transferência Bancária, para o NIB: 003300004533319667205

 

 CONTACTO INSCRIÇÕES/ INFORMAÇÕES:

 

 Tel: 22 2002472; 931144633

 Correio electrónico: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

Formadores:

 

 

Pedro Andrade : Está actualmente a realizar o doutoramento em Biodiversidade, Genética e Evolução no Centro de Investigação em Biodiversidade e Recursos Genéticos (CIBIO-InBIO), utilizando várias espécies de vertebrados (sobretudo aves) como principais organismos-modelo para estudar processos evolutivos. Para além da formação académica, tem experiência de já vários anos de trabalho de campo em ornitologia, e participa regularmente em sessões de educação ambiental

Jorge CoutinhoLicenciatura em pintura e design pela Escola Superior de Belas Artes/Porto

Nuno Gomes Oliveira: Nuno Gomes Oliveira Nuno Fernando da Ascenção Gomes Oliveira nasceu em 10/02/1956, no Porto, é doutorado em Biologia pela Universidade de Coimbra, licenciado em Biologia pela Universidade de Bordéus e diplomado em Ecologia Humana pela mesma Universidade, com equivalência ao grau de Mestre pela Universidade de Évora. É formador especialista no domínio A64 Ciências do Ambiente. Iniciou a vida profissional em 1971, como colaborador do Núcleo de Estudos Ornitológicos da Faculdade de Ciências da Universidade do Porto e foi fundador, em 1974, do Núcleo Português de Estudo e Proteção da Vida Selvagem. Foi autor dos projetos “Parque Biológico de Gaia”, equipamento pelo qual foi responsável desde a abertura, em 1983, e até 07/06/2016, “Parque Biológico de Vinhais”, Reserva Natural das Dunas de S. Jacinto, Reserva Natural Local do Estuário do Douro e de muitos outros. Tem diversos livros e dezenas de artigos publicados. Foi administrador da empresa municipal “Parque Biológico de Gaia, EM”, de 2000 a 2010, e administrador não executivo da empresa pública Simdouro, Saneamento de Grande Porto, SA (Grupo Águas de Portugal), de 2011 a 2013, em representação da Câmara Municipal de V. N. de Gaia; De 01/09/2015 a 07/06/2016 foi diretor do Departamento de Ambiente e Parques Urbanos da Câmara Municipal de Vila Nova de Gaia, autarquia de que é funcionário. Presentemente exerce a profissão como consultor na área do ambiente, é investigador do CEGOT (Centro de Estudos de Geografia e Ordenamento do Território) das Universidades do Porto e Coimbra e desenvolve pós doutoramento no Departamento de Geografia da Faculdade de Letras da Universidade do Porto.

Olga Lopes-Olga Rodrigues, consultora macrobiótica, completou os Estudos Curriculares de Macrobiótica em 2014, e em 2016 a Especialização em Aconselhamento e Comunicação no Instituto Macrobiótico de Portugal (Lisboa). Actualmente faz parte do grupo de coordenação da Casa Bô, uma Associação Cultural, Ambiental e de Solidariedade Social (Porto), onde também dá consultas de Orientação Alimentar e Estilo de Vida Saudável e promove workshops de culinária Macrobiótica. 

Pedro Alves:  Pedro Alves é licenciado em Biologia Aplicada pela Universidade do Minho e actualmente frequenta o mestrado em Comunicação de Ciência na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade NOVA de Lisboa. Desde 2015 tem colaborado como monitor no projeto Charcos com vida (CIIMAR-U.P., Porto), sendo também responsável pela construção e manutenção de charcos. Co-autor e designer da "Chave de Ovos e Larvas de Anfíbios de Portugal Continental, 2018"

Rubim Almeida: Professor Auxiliar da Faculdade de Ciências da Universidade do Porto (desde 1998)É membro da Comissão Cientifica do Mestrado em Ecologia, Ambiente e Território e Curador do Herbário da Universidade do Porto. Autor e Consultor de Flora Iberica (C.S.I.C - España). Coordenador para Portugal do projecto Atlas Florae Europaeae (desde 2010)

 Sofia Tavares: Licenciada em Biologia pela Faculdade de Ciências da Universidade do Porto, Mestre em Biodiversidade e Recursos Genéticos pelo CIBIO-UP e com Certificado de Competências Pedagógicas pela Zonaverde. Do extenso curriculum na área da ecologia e educação ambiental, em que trabalha desde 2005, destacam-se projetos nas componentes de conservação da natureza e monitorizações da biodiversidade, particularmente de fauna terrestre, contando ainda com trabalhos de investigação nos domínios da biodiversidade e conservação. Está ligada a várias empresas e entidades como o Fapas, o Parque do Rio Ul - S. João da Madeira e BioRumo - Consulturia em Ambiente e Sustentabilidade.

 

 

                         Uma iniciativa do