Mãos à obra pela Natureza

Muito pode ser feito com muito pouco. Ou melhor, com algum material e boa vontade é possível fazer com que todos possam iniciar esta aventura de ver e melhorar o mundo que nos rodeia. Como cidadãos temos o dever de contribuir para um ambiente saudável e ecologicamente equilibrado, sendo a preservação da biodiversidade perto de nós uma das mais positivas acções que podemos dinamizar.

 Num contexto em que as nossas cidades, vilas e aldeias se encontram cada vez mais ameaçadas pela disseminação de produtos tóxicos, como pesticidas e herbicidas, pela poluição atmosférica, pela destruição de espaços verdes, pela urbanização que impermeabiliza o solo, podemos fazer muito pela biodiversidade, através da concretização de pequenas grandes acções, executadas de forma simples, com custo reduzido, mas que podem ajudar muito algumas das espécies que estão dispostas a viver perto de nós.

E chegou a hora de colocarmos de lado os mitos e superstições associados às espécies consideradas “feias” ou “más", como as cobras, os lagartos, os morcegos, alguns insectos, os sapos, as corujas e os mochos, entre outros. Podemos não simpatizar muito com estes animais, mas muitos deles são predadores de grande importância para controlar a proliferação de outros animais, como insectos e roedores, que se podem tornar indesejavelmente abundantes, contribuindo para melhorar o ambiente e a saúde pública.

O FAPAS seleccionou aqui algumas pequenas acções que poderão ser realizadas, por qualquer um de nós, nos nossos quintais, nos nossos jardins, nos espaços públicos da nossa vizinhança ou nas nossas escolas, para proporcionar casa, água ou alimentação para diversas espécies que vivem connosco desde há milhares de anos, beneficiando assim o nosso bem-estar.

 E agora, mãos à obra!

março 14, 2016

Banho do pássaro

Características da actividade: Para pássaros. Esforço e dificuldade baixo. Tempo: 1 a 2 horas.
março 07, 2016

Hotel para insectos

Características da actividade: Para insectos. Esforço e dificuldade média. Tempo: 2 a 4 horas.
março 15, 2016

Um habitat de madeira morta

Características da actividade: Para anfíbios, insectos, aves e fungos. Esforço e dificuldade baixo. Tempo: 1…