Público – Em tempos de quarentena, animais podem invadir as cidades – mas isso não é um problema

Além-fronteiras, os animais saltaram dos parques das cidades para as suas ruas desertas em busca de comida ou simples exploração do espaço. Por cá, o fenómeno ainda é pontual e não deve inspirar cuidados — que as autarquias dizem manter. “Não temos de nos preocupar com eles.”

Pretende saber mais informações, contacte-nos

  • (*) RGPD (REGULAMENTO GERAL SOBRE A PROTEÇÃO DE DADOS - EU 2016/679)
    Os dados pessoais aqui recolhidos, para efeito de envio de informações e (no caso dos sócios efetivos) quotização, serão guardados enquanto a relação de associado se mantiver. Se pretender que os dados sejam corrigidos, restringidos ou eliminados, deve contactar o FAPAS, via email, para fapas@fapas.pt, ou através de carta registada para a morada indicada no rodapé desta página.
  • Este campo é para efeitos de validação e deve ser mantido inalterado.