Público: Mina espanhola junto ao Montesinho ameaça vida selvagem e cursos de água

Mina de estanho e volfrâmio a céu aberto em Espanha, a cinco quilómetros da fronteira com o Parque de Montesinho, ameaça espécies protegidas, os recursos hídricos e o turismo de natureza

Patrícia Carvalho (texto) Paulo Pimenta (fotografia)

«O resto é tudo aquilo que levou várias associações ambientalistas portuguesas (à semelhança das espanholas) a emitirem pareceres negativos durante o processo de consulta pública ao “Estudo de Impacto Ambiental (EIA) do Projecto de Exploração de Recursos de estanho e volfrâmio Valtreixal, que terminou no passado dia 21 de Agosto. A Zero, a Quercus, a Palombar — Conservação da Natureza e do Património Rural e o Fapas — Fundo para a Protecção de Animais Selvagens fizeram chegar à Agência Portuguesa do Ambiente (APA) as objecções ao avanço do projecto que será instalado dentro de uma área Rede Natura 2000 e muito perto da área protegida (e também Rede Natura 2000) de Montesinho. Há demasiados riscos, demasiadas dúvidas. E os potenciais 200 empregos directos e 400 indirectos que a mina criará não compensam os efeitos negativos.»

Artigo completo:

Público Mina Espanhola-compactadonet

 

Pretende saber mais informações, contacte-nos

  • (*) RGPD (REGULAMENTO GERAL SOBRE A PROTEÇÃO DE DADOS - EU 2016/679)
    Os dados pessoais aqui recolhidos, para efeito de envio de informações e (no caso dos sócios efetivos) quotização, serão guardados enquanto a relação de associado se mantiver. Se pretender que os dados sejam corrigidos, restringidos ou eliminados, deve contactar o FAPAS, via email, para fapas@fapas.pt, ou através de carta registada para a morada indicada no rodapé desta página.
  • Este campo é para efeitos de validação e deve ser mantido inalterado.